sdsds
Homem com o vírus da Aids. Foto: Ilustrativa

Caberá à polícia de Vilhena investigar uma denúncia contra a Igreja Universal do Reino de Deus apresentada nesta quarta-feira, 26, pela esposa de um fiel da denominação na cidade. O caso, no entanto, tem contornos dramáticos, e envolve muito mais que um suposto estelionato religioso.

Através de pessoas que conhecem o caso, a equipe de reportagem obteve detalhes da história do homem de 38 anos, que descobriu em 2009 ser portador do vírus HIV, mas que acredita estar curado da doença graças à militância na igreja do bispo Edir Macedo.

O paciente se tratou até o ano passado no Serviço de Atendimento Especializado (SAE), em Vilhena, mas desistiu da terapia para seguir as orientações do pastor da Universal, que prometia livrá-lo do “vírus da Aids” através de orações.

Mesmo suspendendo voluntariamente a medicação, o homem sempre retornava ao SAE quando tinha uma recaída. “Ele chegava com diarréia ou pneumonia, decorrentes da ação do HIV, mas não aceitava tomar os medicamentos contra o vírus. A gente, então, tratava apenas os sintomas, pois o paciente dizia que estava curado ‘em nome de Jesus’”, confirma uma servidora da entidade.

Ontem, assistentes sociais descobriram que o fanatismo religioso do portador do HIV está comprometendo toda a família: a esposa resolveu desabafar e contar que o marido já doou quase tudo à Igreja Universal em troca da cura.

E a mulher só resolveu fazer as revelações porque, além de já estar faltando comida em casa, o companheiro anunciou que, nos próximos dias, “entregaria no altar” o único bem que lhe restou: a casa onde todos vivem

Ao relatar o caso na polícia, a esposa do fiel revelou que ele já doou uma moto e entrega à igreja os dois benefícios que garantem a sobrevivência da família: as pensões que o INSS paga para ele próprio (em decorrência da doença) e para a filha, menor de idade e portadora de deficiência mental. A criança tem 7 anos e frequenta a APAE.

Acompanhando o caso e tentando evitar que o homem morra em decorrência da Aids e a família dele de fome, o SAE vai orientar a esposa a entregar ao pastor da Universal uma cópia da ocorrência registrada na polícia e o recorte de uma reportagem mostrando que a mesma denominação já foi condenada por um episódio parecido.

Vimos no Rondoniaaovivo

Compartilhar

Comentários

comentários