O pastor Feliciano está enfrentando uma barra daquelas!

Ele é acusado de assédio sexual por um jornalista, mas até mesmo a suposta vítima já negou em vídeo tudo. Porém, tudo ainda está em aberto e agora por último divulgaram um vídeo com o suposto áudio da conversa entre ela e um assessor do pastor.

Um dia depois de Patrícia Lélis divulgar vídeos desmentindo a denúncia de que ela teria sido assediada pelo deputado, coluna Esplanada divulga áudio de suposta conversa entre a jovem e um assessor que tenta convencê-la a não divulgar a história.

Entenda a polêmica

caso envolvendo a jovem Patrícia Lélis, 22 anos, que teria sido alvo de violência e assédio sexual por parte do pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) ganhou mais um capítulo na noite dessa quarta-feira. Depois da denúncia ter sido publicada no final de julho pela coluna Esplanada, assinada pelo jornalista Leandro Mazzini, e de virem à tona supostas mensagens de whatsapp trocadas entre Patrícia e o pastor, a jovem publicou ontem no fim da tarde nas redes sociais dois vídeos desmentindo a acusação e inocentando Feliciano. “O pastor Marco Feliciano é uma pessoa íntegra com a qual eu tenho um contato muito bom, sempre muito respeitoso, muito amigável. Então na propaguem mentiras”, disse a garota, que é filiada ao mesmo partido do pastor e, como ele, também é evangélica, em um dos trechos do vídeo.

No entanto, a mesma coluna responsável pela denúncia, publicou ontem à noite um áudio de 28 minutos de uma suposta conversa de Patrícia com um homem que seria o chefe de gabinete de Feliciano, Talma Bauer. “Com todas as letras, ele deu em cima de mim mesmo de uma forma assim descarada. Me levou a fazer coisas à força, que eu tenho prova disso. Dentro da casa dele, falou que tava tendo reunião na UNE. Pra eu ir pra lá. Cheguei lá, e não tava tendo. Ele não me deixou sair, fez coisas à força. Eu tenho a mensagem para ele: ‘Feliciano, a minha boca ficou roxa’. Ele ri e diz: ‘Passa um batom por cima’. Eu tenho todas essas provas”, disse Patrícia.

Compartilhar

Comentários

comentários